Clara lobo bello  |  Niterói, RJ

Entrelaços

O projeto Entrelaços é parte de uma exposição construída com internos, usuários e psicóticos do Hospital Psiquiátrico Psiquiátrico de Jurujuba, onde os mesmos produziram fotografias que retratassem as fronteiras entre a sanidade e loucura, entre o hospital e a cidade, entre o ancestral e contemporâneo, entre o corpo fragmentado e o corpo poético e entre as lutas sociais e as lutas subjetivas. O projeto teve um recorte artístico pautado na atemporalidade das fotografias em preto e branco. Teve quatro eixos que conduziram seus olhares e que viraram quatro séries dentro da exposição fotográfica, foram eles: Raízes, O corpo palavra, Repulsa e A força em suas mutações à natureza da sobrevivência. Esta exposição teve como norte apostar no protagonismos destes sujeitos tidos como loucos por uma sociedade que não os inclui , um modo de ser e estar no mundo que imprime isolamento as diferenças. Estes usuários dirigiram suas fotografias, protagonizaram as mesmas e fotografaram. Trouxeram diante de seus olhares a fronteira que existe entre a loucura e a normalidade. Com isso o título dado por eles "Entrelaços" fala de uma busca, na qual essas fronteiras falem das diferenças entre as pessoas, mas que não nos impossibilite de fazer laços.