Votar neste projeto

José Roberto Bassul  |  Brasília, DF

Memórias de um Exílio Imaginário

Há mais de um século, Paris tem sido um destino de exilados. Em muitas circunstâncias históricas, perseguidos políticos e minorias ameaçadas na Europa conflagrada, na África, no Oriente Médio ou na América Latina, buscaram refúgio na capital francesa. Nos tempos presentes, quando ressurgem em várias partes do mundo perigosas fronteiras de nacionalismo intolerante, de obscurantismo religioso, de censura intelectual e de violência política, a cidade ainda suscita esse desejo de acolhimento. De passagem por Paris neste período nublado e triste que vivemos no Brasil, me afastei da celebração e dos ícones turísticos. Voltei a câmera para o infinito e fotografei as empenas dos edifícios comuns, com e sem suas escassas aberturas. São imagens que evocam em mim um exílio imaginário. Memórias de uma vivência que nunca tive, prestam uma homenagem simbólica a todas as vítimas de regimes de opressão.