Votar neste projeto

Leila Soares  |  Rio de janeiro, RJ

Poder e vaidade, na fronteira da insanidade

O ditador Enver Hoxha governou a Albânia de 1944 até sua morte em 1985. Em sua paranoia, mandou construir 170 mil Bunkers como forma de proteção de algumas prováveis invasões. Nos anos 70 construiu um Bunker anti nuclear contra um ataque eminente onde ele, sua família e seu Estado maior estariam a salvo. Em 2016 virou um museu Bunk'Art onde podemos ver o período sombrio na vida dos Albaneses, mostrando como as fronteiras entre a insanidade e o poder podem se alcançadas. A Albânia nunca foi atacada e o Bunker nunca usado.