Votar neste projeto

Cristina Raposo  |  Campinas, SP

Islândia: viver e devir em águas

Islândia, um pequeno distrito que divide o Brasil e o Peru, é uma ilha fluvial de 2500 habitantes às margens do Rio Javarizinho, braço do Rio Javari cuja foz é o Rio Amazonas. Por estar em terras baixas a ilha fica uma boa parte do ano alagada, o que faz com que suas construções estejam erguidas em palafitas com mais de dois metros do solo. Esta série retrata o período de seca em Islândia, durante o qual a circulação é feita pelas passarelas de concreto ou madeira. Quando a vida, geralmente em barcos, assume uma rotina singular para aquela realidade. Uma seca diferente da enfrentada pelo Nordestino. O céu cinzento está marcado, na maioria das fotos, por nuvens que apontam a proximidade das chuvas. Um olhar sobre a fronteira real, não percebida, entre um mundo onde a água é o elemento de ligação com outras terras e, a existência de um “devir” em águas, ou seja, da criação contínua do alagamento que ainda está por vir.