Votar neste projeto

MARISA CASSIA BATISTA DE SÁ  |  Rio de Janeiro , RJ

paisagens interiores

As imagens em que pessoas ou sítios mal podem ser identificados ou simplesmente desaparecem dizem respeito ao fato de que em nossas vidas há sempre o ir e vir de pessoas, sejam amigos, familiares ou apenas aqueles dos quais sequer veremos os rostos ou saberemos seus nomes, pois nada é eterno, talvez o ar e o mar. De outra parte, nas fotografias vê-se ainda a integração do homem à natureza, num espaço aparentemente vazio e desconectado, o que remete à nossa solidão involuntária, ainda que estejamos no meio de uma grande multidão, ou mesmo voluntária, em razão de momentos transitórios e necessários de nossas vidas. Ademais, na concepção da construção de uma nova perspectiva da paisagem tão familiar, ou seja, a praia, a longa exposição e o movimento de câmera usados articulam uma linguagem que procura intrigar o expectador em contraposição às centenas de imagens a que somos submetidos diariamente, fugindo por consequência dos registros banais.