Emily Coelho  |  Caxias do Sul, RS

in my world

Em tempos de pandemia, sem poder ter contato com o mundo lá fora, criei meu próprio mundo. Um mundo em que eu tinha o poder de reconstruir as paisagens que via das janelas da minha casa. Com o uso do reflexo, era como se eu pudesse ter o céu na palma da minha mão. Este projeto é como um respiro. Uma brincadeira de criança. Uma pausa no caos do mundo exterior e uma viagem para o mundo interior. No meu mundo fictício, uma paisagem se cola na outra e a imaginação corre solta e livre. E o sentimento que fica é o de esperança de que chegue o momento em que correrei lá fora novamente, me misturando com as paisagens e me sentindo tão livre como jamais me senti antes.