Votar neste projeto

Luiz Baltar  |  Rio de Janeiro, RJ

Favelicidade

Meu trabalho gira em torno da construção paisagens, sociais e políticas, utilizando como material memórias pessoais e coletivas que venho reunindo, desde 2009, em documentação sobre direito à cidade e as fronteiras invisíveis de uma cidade partida. Há anos fotografo o cotidiano das favelas e as transformações urbanas na cidade do Rio de Janeiro, projeto dos governos municipais e estaduais que pretendiam transformar a cidade para os megaeventos, principalmente Copa do Mundo e jogos olímpicos. Nesse processo tive contato com os movimentos de resistência contra as remoções forçadas e as lutas pelo direito à moradia. Acompanhei também as ocupações militares das favelas para implantação das UPPs e como elas impactavam a vida dos moradores. Venho desde então construindo o FAVELICIDADE um projeto de documentação que apresenta o resultado desse trabalho sobre direito à cidade e às relações Favela x Cidade. Inspirado no livro MALDICIDADE do fotógrafo Miguel Rio Branco, FAVELICIDADE pretende diversificar a produção imagética sobre as favelas, até hoje dominada por uma representação que estigmatiza e discrimina esses territórios populares e seus moradores. FAVELICIDADE e é a narrativa visual de um território marcado por tensões sociais que só cresceram nos últimos 10 anos: ocupações militares, remoções forçadas, protestos e uma guerra continuada ao tráfico que produziu números alarmantes de homicídios e revolta. Esse ensaio traz o registro do dia-a-dia dessas comunidades, fala de um lugar que precisa ser visto como parte importante da cidade, lugar de resistência e superação que influenciam a cultura urbana e a própria cidade. Procura desconstruir uma história única feita de narrativas que marcaram as favelas e seus moradores, colocando-os no lugar do “outro”, do estranho, do ameaçador.