Votar neste projeto

Rapha Soter  |  Rio de Janeiro, RJ

Fronteiras

Esse projeto é um trabalho fotográfico que estabelece as fronteiras entre natureza e artificio. O estudo trata da relação do homem com o mundo que o circunda e a relação da fronteira, linha fictícia e artificial, mas também concreta, imposta pelo homem ou pela geografia. A través dos registros geológicos de matéria solida inorgânica e das linhas que o tempo e a erosão traçaram faz-se um analogia das fronteiras políticas que o tempo, a historia e as guerras desenharam. Mas certas fronteiras políticas, coloniais, retilíneas e geométricas revelam a imposição de barreiras e muros concretos que vão contra uma configuração orgânica da vida. Relacionando o urbanismo e natureza vemos o embate dessas duas forças que simbolizam a relação do homem com seu ambiente. Podemos ir além e fazer a ligação entre a matéria natural esculpida pelas forças climáticas na fronteira com o céu, o todo ou o nada, numa a dualidade divina que caracteriza o ser humano e sua atuação no mundo.