Lucas Jatobá  |  Rio de Janeiro, RJ

Cidade Submersa

A força das águas e a resiliência de uma população. Quando o rio excede suas margens e atinge os níveis mais altos de sua história, borram-se as fronteiras entre o que é rio e o que é cidade na grande capital industrial da Amazônia brasileira. A cheia de 2012, maior já registrada em Manaus-AM até os dias atuais, invadiu as ruas da cidade e as casas de populações ribeirinhas e marginalizadas, desalojando muitos ou forçando-os a encontrar maneiras de coexistir com aquela nova fronteira estipulada, demarcando uma clara diferença social entre aqueles afetados e não afetados pela enchente. Apenas um prenúncio de que fronteiras do mundo inteiro podem ser afetadas pelas mudanças climáticas.