Eder Martins  |  São Paulo, SP

Janelas de Lutas e Afetos

O avanço da pandemia de covid-19 colocou o Brasil num contexto dramático que, somado ao instável cenário político, aprofundou problemas sociais estruturais e ampliou vertiginosamente as desigualdades históricas no país. A necessidade de se evitar aglomerações para conter a expansão do contágio mudou a nossa relação com as ruas que deixaram de ser ocupadas por grandes manifestações sociais, políticas e culturais, mas que, ao mesmo tempo, abriram uma fresta para as janelas se transformarem num espaço de liberdade, sensibilidade e expressão política. O Ensaio Janelas de Lutas e Afetos lança luz sobre um espaço que se tornou palco de lutas sociais, mas também de troca e compartilhamento de afetos, que abarcou manifestações políticas, ao passo que se revelou um lugar de respiro pela vida. As janelas retratadas em São Paulo, uma cidade reconhecida por sua dureza, revelam ao seu modo um cenário de dor, afeto e resistência por meio de expressões de acolhimento, protesto, cuidado, indignação, desespero e tentativa de esperança por outros horizontes.