Marcos Lima  |  São Caetano do Sul, SP

reflexos da vida

Esse projeto trata dos reflexos da vida, reflexo como uma reação involuntária a um estímulo, nesse caso, a falta de perspectiva de vida. Andar pelas grandes cidades do Brasil e não se deparar como um morador de rua é algo raro, provavelmente pela quantidade de pessoas na mesma condição, em maior ou menor grau. Essa nossa, digamos assim, interação, converge para uma reflexão sobre o mundo a nossa volta, o que, por sua vez, acaba levando a questionamentos sobre a vida em sociedade, com conclusões pouco agradáveis. Fernando Pessoa disse "Navegar é preciso, viver não é preciso", sendo preciso referente a precisão, não ao verbo precisar. Neste mesmo contexto esse projeto "Reflexos" se refere a reação a um estímulo involuntário da sociedade, que coloca seres humanos em condições de vida miseáveis.