Andrea Hilgert  |  Portão, RS

Reflexos

Entrelaçamentos. Reflexos na água, captados com uma câmera digital no século 21, nos remetem ao trabalho do pintor impressionista francês Oscar Claude Monet, nascido em 1840. Viveu o impressionismo, a arte moderna e o realismo em suas obras. Nasceu um ano depois da Academia de Ciências da França anunciar a descoberta da daguerreotipia, processo importante para a fotografia, desenvolvido por Joseph Nicèphore Nièpce e Louis Jacques Mandé Daguerre. Em janeiro de 1840 o daguerreótipo chegou ao Rio de Janeiro, a bordo de um navio francês. Poética: Reflexos serão a expressão da verdade? Verdade distorcida? A definição do reflexo segundo o Dicionário on-line de Português: “Que se faz por meio de reflexão, refletido. Que não age diretamente, que se realiza indiretamente: Influência reflexa.” Nosso olhar, tal qual a forma da câmera enxergar e registrar passam pelo processo do reflexo e do reflexivo, afinal fotografamos com toda nossa bagagem de vida. O resultado deste ensaio conta com significado, o conceito abstrato do signo, numa viagem de imagens captadas no litoral Norte do Rio Grande do Sul, se contrapondo a imagens captadas durante enchente no Rio dos Sinos, em São Leopoldo. Contrapontos unidos na linguagem do reflexo, para refletirmos.