Francisco Teicher  |  Rio de Janeiro, RJ

Mal vejo a hora de chegar em casa

"Mal vejo a hora de chegar em casa" conta, através de 10 fotografias em preto e branco, o deslocamento diário de muitos trabalhadores da cidade do Rio de Janeiro. O dia começa cedo, no ponto de ônibus à espera de um transporte público lotado. Ao anoitecer, o mesmo ritual, mas agora ao lado de pipoqueiros, funcionários de lanchonete e dezenas de pessoas que não veem a hora de chegar em casa.