Djuly Gava  |  Florianópolis, SC

vista avessa

‘’Vista avessa’’ é uma série fotográfica desenvolvida em filme 35mm ao longo de dois anos (2015-2017), na região continental da cidade de Florianópolis/SC. A série integrou parte do meu trabalho de conclusão de curso em bacharelado em Artes Visuais, entitulado "notas de dentro sobre impressões de fora: a cidade entre (vistas)'' onde realizei investigações acerca da cidade e das relações que se estabelecem em suas múltiplas camadas de tempo, espaço e memória. Meu interesse pela fotografia analógica para o registro dessa série fotográfica deu-se através do tempo de espera de rever as fotografias desde sua concepção até o momento da revelação do negativo. Essa relação da espera também se relaciona com o dispositivo do qual me utilizei para elaborar as fotografias, tiradas sempre sob a luz do fim do dia, com o sol se pondo no continente e tocando os prédios do outro lado da baía norte, no centro da cidade. Nessas condições de luz, é possível ver parte da Ilha refletida com mais nitidez sob os vidros de janelas e vitrines de lojas comerciais do bairro Estreito. Estas imagens, no entanto, revelam-se apenas por um breve momento sob os vidros, enquanto o dia se acaba, antes que a primeira luz elétrica do bairro acenda e os reflexos tornem-se difusos. Além dos elementos estéticos e imagéticos, a série busca refletir a distância entre esses espaços: de um lado, uma área nobre e luminosa da Ilha de Florianópolis; de outro, os fundos de lojas comerciais, algumas à espera de que algo lhe aconteça, em um bairro em processo de gentrificação. A coexistência desses elementos nas fotografias, captura aquilo que ali se impregna pelo breve reflexo das vidraças. “As coisas que quero possuir, escreveu André Gide, se me tornam opacas”. Essa opacidade, trabalhada de forma artística, cria a sobreposição de dois espaços em um terceiro. Espaços que nunca estarão juntos fisicamente, mas que emergem ao mesmo tempo e ressaltam o que há de fugaz nesse encontro.