Jackeline Scarpelli  |  São Paulo, SP

O reflexo é uma miragem particular

Depois de uma longa jornada perseguindo miragens que me escapavam entre os dedos das mãos, decidi inventar imagens. Elas vieram pouco a pouco, modestas, imperfeitas, mas tecidas nas fissuras da realidade dos olhos. O tempo era muito confuso, tomado de cegueiras estranhas, então, eu as procurava com as mãos, tateando o escuro dos dias. Elas são reflexos da minha própria fissura, da vontade particular de construir o indizível diante do cansaço absurdo das palavras.