Marina Ribeiro Reis  |  Belo Horizonte, MG

Arte em tempos de confinamento

Em 2020 tivemos que nos adaptar a um novo modo de vida, vivenciando um confinamento sem programação para terminar e várias incertezas sobre o presente e o futuro. Assim, de surpresa, nos foi imposta uma nova rotina dentro de casa e viramos espectadores do tempo passando lá fora. Dentro deste contexto pandêmico e da nova realidade agora vivenciada, este projeto mostra por meio de reflexos o tempo do lado de fora, desde o nascer do sol às luzes do anoitecer na região Leste de Belo Horizonte-MG, demonstrando que, por mais que estejamos confinados, as coisas do lado de fora nunca param de acontecer e, ainda que o presente não seja assim tão favorável e nos faça sentir impotentes, no meio de todo esse caos sempre podemos observar o nascer do sol pela manhã ou a lua cheia pela janela, pois isso nunca muda. O confinamento nos transformou, ainda, em pessoas mais criativas e adaptáveis, de modo que descobrimos um mundo cheio de possibilidades dentro da mesma casa que antes passava despercebida.