Manuela Zilveti dos Santos  |  São Paulo, SP

Aurora de uma noite sem fim

Duas irmãs dançam no escuro, seus corpos refletem dor e luz. Em seus gestos a claridade traça um caminho. Eterna aurora de uma noite sem fim. Fotos realizadas com técnica de lightpainting. Disparadas em intervalos de quatro segundos. O disparador era iniciado, a luz apagada e reacendida, nossos corpos dançando, nossos cachos se misturando e formando um corpo só refletido dentro de si. Materiais: Câmera Digital, Corpos e Abajour.