Juliana Engler  |  Campinas, SP

Construções Poéticas

De repente o mundo mudou e o que eu conhecia como “normal” deixou de existir, se rompeu e talvez nunca mais volte a ser como antes. Para me relacionar com esse caos que se estabeleceu começo a fotografar pela janela de casa. Talvez em uma tentativa desesperada de fazer o mundo voltar a ser como era antes, crio imagens que tentam aproximar o lado de dentro e o lado de fora. Esses lados se fundem em imagens caóticas e de um colorido exagerado, refletindo claramente o que estou vivendo, afinal deixamos de pertencer ao mundo de fora. Aos poucos preciso sair. E me deparo do lado de fora com essa mesma realidade, a separação de um dentro e um fora que continuo tentando juntar. Todo o projeto está sendo feito com o celular, as fotos são editadas no programa do instagram e não possuem nenhum tipo de montagem, são fruto dos reflexos obtidos em diferentes superfícies.