Votar neste projeto

Lilian Tufvesson  |  RIO DE JANEIRO, RJ

Fronteiras do tempo: a feira de antiguidade como um mosaico do presente

Este projeto, inspirado nas fotografias do Mercado de Pulgas de Paris dos anos 1920 e 1930, busca perceber as fronteiras do tempo, visíveis na Feira de Antiguidade da Praça XV no século XXI. A multiplicidade de temporalidades forma um mosaico espontâneo nas barracas, com diferentes referências geográficas e estéticas, cujos fragmentos apontam para outrora e agora. Aparecem nas fotografias muitas imagens que sobrevivem através dos tempos. Suas fronteiras se tocam e também tangenciam produtos industrializados característicos de outras épocas, lugares e visões de mundo. A feira de antiguidade é uma síntese visual das fronteiras do tempo que suscitam reflexões sobre as origens e os rumos do nosso presente.