Silvano Motta Tavares  |  Sao Joao da Barra, RJ

"Identitária"

O reflexo do tempo é constantemente mutável na natureza. A cíclica vida caminha à passos efêmeros com inúmeros signos que se refletem em mensagens mistas de beleza, contemplação, misticismos e a própria ação do homem. Atafona, balneário reconhecido internacionalmente por seu processo erosivo, localizado no norte do estado do Rio de Janeiro, mais especificamente na cidade de São João da Barra, traz consigo encantos e mistérios que são de grande impacto para aqueles que a visitam. Um drama estético e político, capturado sob olhar do morador natural da cidade, numa paleta múltipla de cores, que busca ampliar os discursos e memórias junto à comunidade. O objetivo do trabalho amplia a atenção às transformações socioambientais. Uma relação que vai para além das catástrofes naturais, reconfigura elementos identitários que levam à questionamentos da arte e da “re-existência”.