Nathália F. Peçanha de Souza  |  Campos dos Goytacazes, RJ

Dança da Solidão

Este projeto é sobre como tenho visto a vida refletida nos movimentos da natureza. Nestes tempos em que tivemos que parar e olhar pra dentro, aprendi observando as plantas a entender e respeitar o tempo de cada processo e como é possível nos nutrir com as tempestades. Vejo esta série como um convite para dançar com as folhas e cada imagem como um passo que nos permite conhecer mais por dentro de acordo com o que nos faz refletir. E encontro na macrofotografia uma ferramenta que nos ensina a perceber a beleza das pequenas coisas e a focar nestas como um mecanismo de defesa diante da dureza dos últimos tempos.