Thais Ribeiro  |  São José dos Campos, SP

Asfixia

Em um estalar de dedos nos encontramos totalmente imersos no nosso universo particular. Com uma mistura de sentimentos onde a sensação de sufocamento e impotência toma conta do que parecem ser dias intermináveis. Indivíduos que não foram criados para serem reclusos, que não conseguem mais segurar o ar por muito tempo e estão prestes a se afogar. Que tiram forças das profundezas de seu interior para sobreviver um dia após o outro, na esperança de tentar se salvar, mesmo sem saber onde está a margem