Bianca Paes Araujo  |  Rio Bonito, RJ

Estudo sobre campo da arte

Ao se deslocar pelo espaço urbano, percorremos caminhos e também somos atravessados por múltiplas informações, sensações e experiências das cidades. Estudo sobre campo da arte é uma série fotográfica experimental que desenvolvi em 2018, durante um intercâmbio em Artes Visuais na cidade de Faro. Ao me deslocar por aquele novo lugar, desconhecido e estrangeiro, me deparei com muitas galerias comerciais vazias devido à época de baixa temporada da região. Percebi que, a partir da fotografia, poderia criar ficções visuais entre os elementos internos e externos ali envolvidos, afim de ocupar aqueles espaços vazios. Em sociologia da arte, por exemplo, Pierre Bourdieu nos atenta para o conceito de campo como um lugar de constantes negociações e conflitos. Aqui, surgem conecções não só das minhas cartografias e trajetórias como artista, mas, também, ao perceber relações semânticas e sintáticas vivenciadas na paisagem urbana que muito se assemelham à dinâmica do campo artístico.  Arte e vida, público e privado, virtual e real foram alguns dos múltiplos conceitos que me apropriei para explorar visualidades capazes de convocar diferentes cenas na mesma superfície fotográfica. Assim como uma câmera é capaz de criar imagens a partir de reflexos, o artista atua de modo análogo. Seria a arte, portanto, espelho do mundo?