Votar neste projeto

bruno meireles leite  |  Brasília, DF

Praia de candango

Água é fonte de vida. Biologicamente falando não há vida sem ela. Ao se construir Brasília, os projetistas da época imaginaram um lago artificial de tamanho suficiente para amenizar o ar seco do planalto central, e com isso, viabilizar a vida na nova capital. Hoje, ele garante não apenas a umidade do ar, como também o abastecimento de água para parte da população. Transferidos da antiga capital, o Rio de Janeiro, muitos dos primeiros habitantes da nova capital traziam na memória a vida à beira mar. Até hoje muitos dos atuais habitantes ainda passam o ano sonhando acordados com uma temporada na praia durante o verão. Porém, para a maior parte da população, e durante a maior parte do ano, não há praia no mundo melhor do que as margens do nosso Lago Paranoá. Além dos aspectos biológicos e climáticos pensados inicialmente, o lago se mostra atualmente como um dos locais mais vivos de nossa cidade! Área pública, ele é ponto de encontro de toda a população que se diverte das mais variadas formas em suas águas. Respeitá-lo é a forma de garantir não só a vida, mas também a felicidade de muitos.